fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

domingo, dezembro 07, 2014

Capítulo Quinto Fotossíntese




 

 Caetana lembrava-se  dela vagamente . De uma senhora  com alguma idade . A presença de um autêntico dinossauro presente  sem estar guardado num museu é obra do tempo que se mantém intacto . Ela revelara ser uma pessoa  que se envolvia  com os projectos , com as pessoas e tinha uma compaixão imediata . Dissera a alguém   que jamais  compreendera a vingança como um modo de vida , disseram-lhe que as mulheres nasceram para se casar. Mas ela jamais fez isso deixaram uma obra escrita . A crueldade é própria do ser humano , não me digam que essa é a forma de resolver as coisas , jamais acreditou  na pena de morte como forma de resolução dos problemas . Conhecera as línguas semitas através do seu segundo marido .

-        A luz que cada um traz dentro de si só consegue transmiti-la aos outros através dos seus actos .–dizia-me ela.

-        Que quer dizer com isso ? –perguntou Caetana .

-        Vamos buscar algumas personalidades  que sempre quis trabalhar, nomeadamente novas temáticas dentro do policial . Todo o aparelho que existe no romance da epistemologia  durante alguns capítulos têm a ver com a tentativa de chamar dois públicos , o académico e o geral .

-        Como é que se sente com os resultados deste livro ? Diferente dos outros ?

-        De  uma certa forma sim , trata-se de uma forma de escrever um outro género  que eu gosto de retratar é uma obra que se trata de um clássico da historiografia hitita “ A Oração Da Peste “ . Esse texto tem na base um provérbio israelita “São os pais  que comem as uvas mas é aos filhos que embotam os dentes “,trata-se aqui de uma questão didáctica  da história teológica .

-        E o que é a Oração da  Peste ? A Oração da  Peste  é um clássico da historiografia hitita que sai do âmbito da racionalidade  que é bastante comum a este povo , leva-nos à questão dos pecados do pai que é determinado pelo sacrifício do filho. Conta-nos a história de um exército derrotado que está contaminado com peste e é levado para a cidade hitita de Hattusa . Permite-nos aqui fazer comparações à tragédia de Sófocles . A epidemia que assola a cidade  deve-se ao crime de Édipo contra o  pai. Este conto foi escolhido como uma forma de analisar a religião nos dias de hoje , o seu carácter sobrenatural. Se observar bem toda ela está impregnada de mitos mesopotâmicos e bíblicos . Uma pomba que dá pistas à jovem historiadora é mais  do que uma presença do sobrenatural na história . Há até um livro do professor Moisés Espírito Santo que fala que o Cristianismo está ligado às deusas semitas .

-        Então diz que  a religião é uma invenção do homem ?

-        Claro que Sim . Eça de Queiroz disse-o na “Relíquia” através do sonho de Teodorico Raposo . O culto da Virgem está representado  quando Naram – Sim julga ver na imagem de Benedita a presença da deusa Isthar . A presença da pomba contém de uma certa forma o culto da virgem . Já reparou que todas as deusas tinham pombas, Isthar , Afrodite e até a Nossa Senhora tem na sua iconografia uma pomba , talvez tenha a ver com estudos recentes em Universidades estrangeiras . Só muito recentemente é que se estudou “as origens do cristianismo na Lusitânia “ pela Professora Maria da Luz Hufstot da Universidade Lusíada . O que nos dá panos para mangas a esta questão da fé . Ela pode ser sentida mas não pode ser estudada ou observada de forma racional. Mas a história também pretende abordar as várias temáticas da historiografia de  uma forma humorística , uma reflexão , uma forma de fazer história .

-        Como se sente com os resultados deste livro ? Diferente  dos seus outros trabalhos ?

-        Não , trata-se de um projeto  muito antigo que sempre desejei  fazer. Fazer uma obra de ficção como se fosse um texto académico. Tratam-se de fábulas , crónicas   sociais ,   que convenhamos ...

-        Uma espécie de vingança ?

Nesse instante Caetana vê que o écran do computador diz que Agatha Crystie já saiu do computador . Quem seria Agatha Crystie ? Homem ou mulher ? Teria  que convidar o fantasma a beber um café . Foi o que fez . Esperou  então uma resposta . 

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home