fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

quinta-feira, fevereiro 12, 2009

Relíquias Pré Colombianas

Nestas últimas semanas tenho-me deparado com algumas relíquias da história pré colombiana que adquiri à cerca de quatro anos são elas (os Aztecas de Mireille Simoni- abbat, ed. Vertente, 160 pp e Os Incas, de Alfred Métraux da mesma editora com cerca 215 pp) com o mesmo tradutor.

No caso do primeiro livro posso-vos dizer que é um livo que se lê num Fôlego, apaixonante e dará visões para todos aqueles que quiserem seguir esta área. Não tem a visõa bela das fotografias do catálogo que aqui descrevi à coisa de 3 ou 4 dias, mas antes podemos ouvir as histórias da criação e de mitos e de deuses que se sacrificam para resscussitarem. Conhecer a América Pré-Hispânica através dos seus deuses através dos seus heróis, da sua literatura como Popul Voh onde se centra a lenda do Quinto Sol é um caso único. O homem é criado antes do sol e através de diversas tentativas até se encontrar o verdadeiro corpo. Neste sentido Miguel Angle Asturias teve a percepção da história do seu povo e de criar uma narrativa fantástica. Resta-nos que Portugal tenha o seu próprio instituto e que as pessoas interessadas possam ver os seus sonhos realizados a craição de uma biblioteca destas áreas.

O segundo livro que vos recomendo a ler é o da História Inca. Aqui se mostra o quanto este povo se submeteu às humilhações dos colonizadores acreditando de que eles eream deuses, tinham escritas e materiais de que eles nunca tinham visto. Mais um livro que se lê bem, não tem as componentes bibliográficas e as caracterśiticas feitas pelos especialistas da prache O livro narra a imagem que os espanhóis têm dos incas e as suas descrições são verdadeiramente xenófebas. Enquanto esperamos pela leitura da tese de Maria da Graa Mateus Ventura (ed. casa da moeda, 3 volumes, 60 euros). O livro ainda se centra nos moldes de raízes sociais. Depois daqui esperamos que a curiosidade não vos mate e tenham a tentação de ler o romance "Aquele que sabia ler o sangue "um policial histórico em plena época inca. Tudo isso faz-me recuar aos longíquos anos de 1985 e 1992, anos que decidiram a minha escolha profissional: Nesses anos definiram-se as minhas idas para uma grande expedição para o Novo Mundo, olhar para os deuses e seus ancestrais e pedir-lhes respostas para as minhas questões existenciais.

Etiquetas: , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home