fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

quarta-feira, maio 15, 2013

SANTA MUERTE CAPÍTULOS 5 e 6



Capítulo Quinto

Hospital de Nossa Senhora da Morte

- Não podemos fazer nada, o seu amigo está cego . Não há nada a fazer , a não ser que se reconstrua os olhos dele através da autorização da família de um morto - disse a médica .
- Como assim ? -perguntaram em coro a Toupeira e o crocodilo .
"A Pessoa que fiz isto quer incriminar a toupeira e a mim para fazer crer que fizemos isto , de proposito para desviar as atenções do crime do rato e nos procurarem a nós" ...
- Esperem lá , disse a médica . Nem tudo está perdido , acabei de receber uma chamada de que há um dador possível ...
- Afinal de contas , de quem são os olhos ? -perguntou a toupeira .
- Isso é uma coisa que terá que perguntar à direcção deste hospital ...
- Que é ...
- A Nossa Padroeira ...
- A Nossa Senhora da Morte ?!

Gabinete de Polícia de Nossa Senhora dos Portões

- Dona caroca , sabe porque está aqui?
- Calculo-disse o inquirido.
- Nos últimos dois meses tem surgido um blogue sobre a indicação de registos de doutoramento da Universidade da Carrapeta, o que me tem a dizer sobre isso?
- Nada, escrevia por distracção, por divertimento ,fui escrevendo sob pseudónimo...
  -Achava divertido escrever aquelas coisas, mandavam-me escrever...

- Ah! Acha então divertido que as pessoas que aparecem mortas sejam docentes dessa universidade ? Sabe quem era a pessoa  que lhe mandava escrever aquilo ? 
-A Lilith vá de Retro, quem  mais queria que fosse? Aquilo é uma muler sem importância nenhuma . Ou então a Dona Joaninha voa avoa!
- Sem importância? Matarem um rato , degolarem-no... e depois uma toupeira é cega...
- Desculpe lá, tenho mais do que fazer do que estar aqui a brincar às séries policiais...
- Você está a desrespeitar uma autoridade!
- Uma boneca de pano? Cheira-me é a pantera cor de rosa! Diga-me lá quem quer preservar a vida de um rato !Os ratos são uns bichos nogentos, comem tudo, trazem doenças, matam, deitam um cheiro !Todos só se forem as religiões hindus, ou o zodíaco chinês, ou por último Walt Disney? O Rato Mickey, o Rato Basilio ou Ratatui?
Digo-lhe de passagem que era uma afronta a Sir Conan Doyle! Posso me ir embora?
- Ah! Ah! Por favor, inspirectora... ou dir-lhe-ei Marquesa de Rabicó? Ou não sabe que o seu marido é membro da instituição Xerazade?

Consultório do Doutor Bruno Betteleim

- O que se passa consigo? Tenha calma? Para si eu sou a maluquinha da cebola, não é? A não ser que eu seja a assassina, não é? Que esteja a estudar os meus campos, sabe enviei agora mesmo para o hospital os olhos daquele palerma da Toupeira! Ah! Como me diverti a arrencar-lhe os olhos! Os intelectuais armados em políticos têm a mania que conquistam o poder, como é que ele vai fazer isso? Só escrever a Íliada ou a Odisseia...
O psicólogo aproxima-se do telefone, a joaninha atira-se a ele ferindo-lhe os olhos. Naquele instante um vulto aproxima-se e dispara contra o insecto -fêmea.
Capítulo Sexto
O médico sentindo a fêmea insecto cair no chão, grita:
- Ai que ia sendo morto!
Olha seguidamente para Lili:
- Obrigada, Lili. Nem sei o que faria sem si! Vamos deitá-la fora!
- Não, nem pense nisso, temos que a agarrar, como se ela tivesse sido vítima da Santa Muerte ! Enrolemo-la num tapete, deixemos que seria uma forma de cantar uma música infantil, deixemos os nossos criminologistas pensar que eles estariam diante da assassina!
-Doutor, eu tive tanto medo...
- Medo, porquê? -perguntou o médico.
- Porque entram aqui tantos malucos, tantas pessoas.
O médico seguiu as instruções da recepcionista, até ao momento que ela lhe colocou a arma na nuca.
Ela tirou a máscara:
- Vamos, parolo! És um idiota ! Tenho-te seguido desde o primeiro minuto ! Não existe nenhuma Lilith vá de Retro ! Vais ter que passar tudo para o meu nome,caso contrário vou afirmar que foste tu que roubas-te o dinheiro da campanha de Nossa Senhora da Morte !
O médico olhou-a :
- Não sei do que está a falar ...
- Pensa que eu não sei? Você enrolou-me , você deixou-me pensar que eu ia ser tratada , que eu ia ser um deus indiano olhando a deusa Kalli ! Você é uma fraude como médico , eu coloquei-me aqui , como mulher , como recepcionista , para chegar ao pé de si ! Porque você disse que eu ia ser um deus equivalente a esta deusa azteca , a esta Santa Muerte ! Pensava que eu não sabia , doutor Peligrim Sabe sempre tudo ?
- Macaco Adriano Cor de Burro Quando Foge?
- Sim , vá assine isso tudo o que está aí à sua frente ...
- Você vai ser mumificado , ser uma referência , para  que todas as pessoas verem que foi a Nossa Senhora da Morte que cometeu estes crimes, graças às minhas ordens à Carochinha, ela a nossa querida e muito amada cantora pimba, tinha os motivos mais que suficientes...

-Você é um caso único, Doutor Foge! Não presta! Acho que devia ser nomeado para cacto !Você criou então a organização Sherazade, matou João Ratão, retirou-lhe a cabeça e recriou letras de música pimba! Não foi?
-Parece que sim, todos vão pensar que foi aquela parola da recepcionista, que foi ela que retirou os olhinhos à Toupeira, eu sei quem foi mas não digo... ai se eu dissesse, muitas cabeças iam rolar... Ah !Ah!
Dito isto o médico deixou que o macaco lhe cortasse a cabeça , enquanto na sala estava uma câmara a filmar aquele episódio para a polícia.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home