fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

domingo, março 24, 2013

Jornal de Parede

Do  que mais gosto de fazer é jogar! Jogar, jogar  e jogar! Entrar dentro de um outro mundo, um mundo onde entramos dentro de uma realidade , entramos dentro de outros espaços, palácios. E é tão bom esquecermo-nos daquilo que fazemos do que somos e entrarmos dentro de outra realidade.

Deixamos de ser nós completamente e passamos a ser outra pessoa noutro universo, entrar em casas m palácios, como vos falei, sermos autênticos jogadores , sentirmos o perigo à flor da pele e não sabermos quantas vidas iremos ter. Os nossos inimigos espreitam-nos  cada esquina. Confesso afinal quem sou , sou Assassino, um descendente directo, tenho esta apreência de rapaz de doze anos  que estudo aqui mas trago uma carga muito pesada, quero recordar  outros tempos, ir até  à Idade Média, aos tempos das lutas contra os infieis, mas agora estoua revelar-vos e vender-vos a memória, uma pequena capsula dentro do nosso olho como se fosse uma lente e conseguimos ver tanta coisa. Só tenho apenas uma única preocupação… como heide passar ao próximo nível dos  Assassin’s Creed?

Neste jogo todos nós descobrimos que somos assassinos, ladrões e recordamos a vendetta  contra  a nossa família em Itália… e tudo isto foi-m edito por Jupiter, o rei dos deuses, equivalente ao rei  dos deuses gregos, Zeus, Minerva, a deusa da sabedoria que é apresentada por uma coruja em Atenas e por fim Hera ou Juno, todos eles estão presentes e que me dizem o que fazer… apenas tenho que recuar e avançar no tempo. Foram estes seres imortais  que me deram a oportunidade de poder jogar, pois é realmente aquilo que eu gosto de fazer. 

Este trabalho foi desenvolvido por um explicando meu Frederico Jacinto Coragem e posteriomente corrigido por mim no ano lectivo 2011-2012. Nos próximos meses apresentarei alguns dos  trabalhos   com o título Jornal de Parede.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home