fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

terça-feira, julho 19, 2011

Realismo mágico precisa-se

Uma das coisas mais interesantes da literatura é aquela que nos faz ligar a nossa cultura ancestral ( os mitos, as tradições e o foclore ) com a própria realidade. Muitos autores foram e são peritos nisso, e nós bebemos as suas histórias. Os Cem anos de solidão são exemplo disso, A ilha dos amores infinitos transferem-nos para realidades que nos fazem regressar à nossa infância. Eu também quiz um dia sonhar... escrever essas mesmas histórias e percorrer aventuras onde mortos, duendes, lobisomens e mouras encantadas são os detectives natos contratados por um escritor. Será este tipo de literatura um género menor?
A meu ver, não parece-me mais que Portugal necessite de um estilo de género onde alguns teóricos digam que Mia Couto, Lídia Jorge trace estes espíritos. Na minha opinião só houve um único livro português que tivesse todas as condições para ganhar o estilo do realismo mágico.

João Cerqueira, A Tragédia de Fidel Castro, Saída de Emergência, Col. Bang
Esse sim, considero um verdadeiro romance que contém todos elementos que o podem classificar de realismo mágico. Este ano uma nova escritora Tea Obreht ganhou o prémio Orange e que na prestigiada New Yorker Books Magazine de 4 de Juho ela foi considerada como uma das mais influentes escritoras da nova geração.
Mas afinal de Tigers Wife um dos melhores romances de sempre?
A história ambientada nos Baslcãs, na antiga Jugolsvia, onde tradição, medicina e traumas mal resolvidos vão criar todo um ambiente para um romance inesquecível. Só esperamos a sua tradução... rápida e que nos transporte até à Sérvia e reconhecer o que é realismo mágico!

Basta de Harry Potters, Senhores dos Aneis, há que criar outros romances vá... força nisso... Não prometemos nada, mas esperamos sonhar e recordar universos paralelos onde tudo é perfeito como nos contos de fadas.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home