fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

terça-feira, abril 06, 2010

A vingança de Job -Capítulo 1A

I:A escolha

Temos diante de nós a nossa vítima . A primeira depois do nosso querido e útil Job . Ali está ela ! Linda de morrer . Não sabemos como é que estas criaturas se habilitam a ficarem fechadas durante tanto tempo para depois ficarem quê ? No desemprego ? AH! Ah ! Job ! Não queres uma noiva ? Temos uma para ti ? Olha é desempregada , está numa fase difícil ! O marido parece que vai ser despedido!Ah! Ah ! Vai ! Anda ! Toma esses comprimidos !Bichaninha ! Minha linda ! Morre ! Nós temos que fazer pela vida ! Nós aqui encima decidimos se tu ficas ou vais !
-Olha lá e agora como é que eles pagam o funeral ? –pergunta Deus num tom irónico . Essa foi de mestre ! Doença ! –diz Deus brindando com um copo de cheio de uma bebida parecida com cerveja .
- O marido rapa o cabelo e finge que está a fazer quimio ! – responde o Diabo a rir .
- Não me digas que ele consegue enganar toda a gente ?!
- Meus senhores, Posso fazer uma pergunta ? –
- Fala desde que não tenhas nenhuma ideia brilhante , para isso cá estamos cá nós ! Fala! Tens meio segundo !
- Olha ! Acabou! Tchau ! Continua a chorar ! Ainda bem que não temos por aí nenhum psicólogo , se não já viste este fulano com a estima por cima ! Vai com as chamas ! Meu triste !

De súbito aquelas maquiavélicas criaturas observam o sensor do computador e reparam na imagem angelical de uma mulher.Linda.Inteligente.Trabalhadora . Tem alma . Monárquica.Mas o seu grande amor é comuna ! Veste-se à moda , dir-se-ia que seria modelo,mas o discurso é antigo ! Parece decalcado de um panfleto do Pcp . Lindo de morrer.A questão centra-se nestas duas figuras.Tal como acontecera à milhares de anos com Job a falsa amizade entre estes dois seres resume-se em destruir a vida.Encontram-se a beber o nectar da desgraça,uma bebida para os seres do além é uma espécie de cerveja .
Encontram-se num bar “Fruto Proibido“ numa hora em que não chegam mortos para serem atendidos por uma mulher bela mas que não tem paciência para os clientes , a que eles chamam “Mulher Demónio” irónicamente.Diante destas brincadeiras suaves de velhos inimigos dá-se um compromisso de destruirem uma relação que se resume pela diferença . E como a encontram ?
-Não será pela morte?Ou a sua carreira?A sua tese de doutoramento? –pergunta o Diabo .
- Deixo à tua escolha, meu caro!
Olharam mais uma vez no écran. Observaram o rosto de uma jovem mulher na casa dos trinta anos atarefada em bibliotecas com documentos, livros. Olhavam ofegantes para aquela mulher de lábios carnais. cabelo preto e olhos azuis. Não era assim que o Demónio imaginara Lilith?
E Deus não imaginara a sua nova virgem? Aquela a que pensara durante toda a eternidade transformar uma nova beleza em que os homens gostassem de ter como modelo de mulher? Virgem? Defensora da religião, detestava as conversas de Titas, mas amava-o por isso era tudo aquilo que desejara sempre num homem que contrariasse a sua família.
Não é que Deus e Demónio ouviam os seus pensamentos? Deus estava a ficar certamente decepcionado com aquela beleza moderna. Como queria enviar o sopro divino sobre ela e dizer-lhe que seria aquela a sua escolhida? Pela obra escolhida nada disso lhe era permitido Maria estava cada vez mais ciumenta e os famosos teólogos obeservavam as suas acções. Não eram bem vistas as suas saídas com o Demónio àquele bar , mas justificavam a causa da dor. A morte, a separação, essas coisas idiotas que hoje os psicólogos levam a analisar, porque não sentir o cheiro da carne a arder? Longe iam esses bons tempos em que a dúvida era quase um pecado mortal e para demonstrar esse bom acto de ser cristão ou devoto de Deus se havia de emparedar? Oh que maravilha esses tempos! Sentir os cheiros do medo e levar as pessoas a inventarem na hora vocações! Bons tempos quer para Deus,quer para o Diabo!

Olharam–se e fixaram os olhos no computador e sentiram mais uma vez os olhos naquela mulher que ao fim do dia ia beber o café numa esplanada à beira mar e ouvir as ondas falarem com ela.
-O tempo -Pensavam eles. É um perpétuo presente.
Os escassos minutos em que Demónio e Deus se entenderam acabaram por discutir no momento em que chegavam mortos. Uns e depois outros .E cada vez mais outros.Uns piores que os outros que o Demónio não deixou de largar uma gargalhada. Ninguém fazia ideia porque eles estavam ali naquele sítio para espanto de todos. Dizia-se que era o acontecimento do ano,do século,do milénio, da história da Bíblia.

Para vós tudo isto tem uma outra dimensão, algo que entra dentro das nossas entranhas e que se apresenta como um choque eléctrico, foi tudo isso que Sancha sentiu naquele momento e por isso tirou da mala uma carteirinha que pouco depois viram ser cigarros. Eram aqueles os momentos de paz que Sancha tinha durante o dia. Por opção decidira viver sózinha. Algo que veio na cabeça daquelas duas "pestes". O que magicavam nas suas cabeças nós não tivemos acesso , mas o que veio a seguir meus senhores. Foi pura e simplesmente algo que nem o Diabo nem Deus pensaram. Job acabara por se apaixonar por Sancha e isso acabaria por tornar os planos dos nossos queridos amigos difíceis, mas isso só depende da capacidade de cada um de vós aguentar as consequências.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home