fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

sábado, abril 24, 2010

Preciosas Beatas*

Há uma anedota portuguesa que conta a história de uma beata tão beata que era fumada por um padre .Este começo popular leva-me a falar-vos hoje de duas coisas : das mulheres dentro da igreja e da sua impossibilidade de ministrarem as missas.
É claro que muitas são teólogas,fundamentalistas acérrimas sobre a interrupção voluntária da gravidez e da eutanásia, mas que serve para exemplificar este tipo de marca de tabaco.

Confuso? Passo a descrever esta campanha publicitária sobre as beatas humanas. Recordem-se da lei que vigora desde 1 de Janeiro de 2008 que obriga as pessoas a fumarem na rua, fora do seu lugar de trabalho, centros comerciais, bares, discotecas. Nessa altura correu logo uma piada“Ainda dizem que a igreja católica está em crise desde esta manhã que há uma manifestação de beatas nas ruas à procura de novos fiéis (…)”Perguntam-me vocês o que é isto tem a ver com as mulheres na igreja e na sua impossibilidade de poderem dar missas? Ou terem outros cargos dentro da igreja para além de só serem téologas ou freiras? Claro que tem. Falo-vos então das mulherzinhas, habituadas a estar na igreja , crentes , ajudantes , como se fosse uma doméstica da igreja que só servisse para rezar o terço ou no melhor dos casos, a governanta do Senhor Padre… Mas há algo de podre no reino da Virgem Maria… Apesar de muitas terem abraçado a fé, serem missionárias, freiras nos mais variados cantos do mundo, algumas estiveram nas antigas colónias em Angola ,Moçambique, Timor , outras até receberam o Prémio Nobel da Paz em 1979, recordo-me então de Madre Teresa de Calcutá.
Mas questiono-me logo… será que ela não foi para o Seminário? Será que deu alguma vez missa? Haverá alguma vez espaço dentro da igreja católica para uma mulher padre , bispo ou papa? Contam-se lendas de uma papisa… mas será que o Vaticano aceita? Será que nos livros de Nostradamos haverá passagens que falem sobre isso? E o Padre António vieira falou nalguma parte delas no famoso Quinto Império?
A mulher na Igreja Católica estará sempre condenada a ficar nos bastidores,apesar de terem um olhar crítico e viperino sobre o que se passa sobre a vidinha de cada um, não gostam de mudanças… até parece que têm medo de estar no palco de uma arena da fé …mas elas continuam lá na igreja, caladas a apararem-lhe os golpes,dão-lhes uns beliscões psicológicos para ver se os acordam, mas nada, algumas até manipulam os fieis quando estes seus meninos continuam a esticar as cordas nas suas acções dominicais e pessoais , preparam ardilosamente um abaixo-assinadodirigido ao senhor bispo, para correm com aquele herético dali para fora. Digam lá se não há aqui um serviço de bastidores?
Afinal as beatas dão cházinhos na hora do terço, nas missinhas aos domingos e noutros locais de beneficiência, coitadas não podem entrar nos quadros da fé corporativo ou até mesmo absolutista, porque o galo de Roma continua a cantar no seu poleiro como quer e dispõe. Alguns deles até comentam: E se elas fossem papas o fumo deixaria de ser branco ou passaria a ser rosa choque? Haveriam pastoras de interiores? Haveriam hóstias com sabor a diversos pratos culinários? De onde é viria o vinho? Teriam que dar a missa a correr para fazer as tarefas domésticas? Haveria espaço para terços Ives Saint- Laurent? As velas da Igreja do Vaticano seriam do Emporio Armani casa? Seria lançado algum perfume da Carolina Herrera com o nome de Santa Teresa de Ávila?
Serão estes os pontos que os homens temem? Ou serão outros em que elas responderiam aos problemas com uma maior eficácia? Até porque a Igreja foi e ainda é hoje um óptimo instrumento de poder. Não tomariam elas com mãos de ferro a questões ligadas à pedofilia dentro da igreja? Não evitariam os abortos que se fazem quando são padres a sugerir o aborto a algumas das fiéis mais fervorosas que trarão dentro de si um novo salvador do mundo? Ou não vigiariam alguns homens que iriam para a Igreja para se casar com Deus? Já que a família não permite que me case com uma pessoa do mesmo sexo que eu, a sociedade não aceita e a igreja também não? Porque não casar-me com Deus, ao menos assim comiam dois ovos da Páscoa de uma vez só. Dariam o laço matrimonial perfeito sem se manifestarem, até porque como diz a Igreja o que Deus uniu, jamis ninguém pode separar…

Se elas chegassem a padres , bispos ou até mesmo papas, será que não haveria um novo cisma ou até mesmo uma crise de fé? Não haveria aqui um remake do século XVI das 95 teses de Lutero? Não seriam construídas as bases de uma nova fé?
Nalgumas seitas ou derivações do Cristianismo já existem mulheres pastoras, bispos. Alguns pastores evangélicos quando viram mulheres a ministrarem cultos converteram-se ao Cristianismo. O que eles pensaram foi mais ou menos isto, bem se não os posso vencer, junto-me a eles. Creio que eles temam o resultado do Livro do Apocalipse de São João tendo que se curvar à besta da Lilith.. Pensemos que o grande mistério desta situação é que a sua bíblia não seja aquela a que é lida nas missas, mas sim um livro de Moliére “As preciosas Rídiculas “.

Bento XVI até poderá escrever um livro com o nome de “As preciosas Beatas “podendo até escrever mesmo isto:
- Vocês , gajas missionárias, sairam da costela de Adão, são descendentes de Eva que deu a maçã a Adão , não queiram que vos aconteça o mesmo à única mulher que se divorciou dele com o apoio da Igreja . Coitada , foi condenada a errar pela eternidade . Vejam lá se não querem fundar a Congregação das Irmãs Descalças de Lilith? Vocês estão condenadas a ser apenas umas preciosas beatas.Enquanto nós padres teremos direito a ler o Record Missionário , treinar no Ginásio Missionário ir à Portugália Missionária, enfim às coisas que nós gajos missionários fomos preparados para dar missas. Porque vocês, como disse estão condenadas a ser umas preciosas beatas, continuem aí,a rezar,a preparar-nos as coisas a que nós estamos habituados enquanto o mundo durar. Ainda bem que vocês só sabem dizer mal da vida dos outros e não se juntam todas para fazer uma liga contra nós,gajos missionários e fazer-nos frente, porque até mesmo o grande remate do Juízo Final será feito por um homem. Continuem assim preciosas beatas que estão bem.O senhor esteja convosco. Ide em paz e que o Senhor vos acompanhe.

* Parte deste texto foi publicado no jornal "SUL " nº2

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home