fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

quarta-feira, setembro 26, 2012

Demónios Egípcios e Mesopotâmicos: Precisam-se

Apesar da enorme revitalização da história antiga nas suas diversas especilidades. Até agora não foi possível fazer um estudo que possibilitasse uma história da demonologia no Antigo Egipto e da Mesopotâmia em Portugal.

Tanto mais que aqueles que nos acompanham devem estar recordados das crónicas e pesquisas feitas nos últimos dois anos sobre os Sonhos no Antigo Egipto. Os maiores especialistas destas áreas são sem dúvida Edda Brescianni ("La porta dei sogni. Interpreti e sognatori nell´Egitto Antico")e Kasia Spzakoska. Durante esta pesquisa encontrei elementos de uma divindade demoníaca chamada Tabutu (um demónio femenino que surge em sonhos a Setna (conto demótico),que seduz a personagem deste conto e o incita a matar a família em troca de prazer e sexo,para além de ter todas as riquezas. Estas frases faz-nos recordar o episódio de Cristo e o Demónio no alto das montanhas."Tudo isto será tem s eprostado me adorares".Daqui até encontrar vestígios de pesadelos até entrar a uma comparação entre morte e sonho foi um instante. Se nestas mitologias existiam demónios eles conviviam com os deuses e seres humanos, nada mais natural de que se pensasse numa investigação sobre a demonologia. Daqui até à concretização do mesmo projecto foi um passo, tanto mais que eles nos cheguem de Nova Iorque, Grécia e Swansea, respectivamente Kasia Szpakoska, Rita Lucarelli e Panagiotis Kousilis.

É neste sentido que hoje vos venho falar deste projecto inovador que tanto faz falta ao nosso panorama universitário que nos poderia ligar a outras universidades e mais noutros campos. É de louvar um projecto desta envergadura que aqui e ali nos surpreende que o medo e o terror sempre esteve presente ao longo da história do Egipto,Apopis, Amnuit. Ainda no ano passado no IV Curso Livre da Faculdade de Letras de Lisboa o professor Luís Manuel Araújo apresentou um seminário sobre os monstros. Já em Fevereiro deste ano o Professor Doutor Pascal Vernus apresentou alguns contornos destas entidades, e mais recentemente a descoberta na crença destes monstros. Esperemos que um dos nossos egiptólogos portugueses possa traçar o seu percurso na longa viagem de Ré lutando durante os próximos anos contra os monstros orçamentais que se avizinham nos próximos anos. Parabéns a Kasia, Rita e Kousilis que o vosso projecto de frutos e possa trazer diálogo entre as diversas escolas portuguesas.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home