fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

sexta-feira, março 12, 2010

Regresso a casa - Capítulo III

Capítulo Terceiro


É nessa altura que cada uma delas vêem que têm que trabalhar juntas e deixar de lado os joguinhos.Caetana acredita que deve mostrar um falso currículo e apresentar–se como relações públicas da discoteca.As notícias que corriam de uma revista da Noite diziam que havia uma espécie de mau ambiente entre o proprietário da discoteca“Vigário“ e o relações públicas.Há alguns amos atrás Benedita fora relações públicas de bares e apresentara alguns eventos sociais. Vários acontecimentos levaram-na a abandonar esse mesmo período da noite e escolher outros ambientes . O que acontecia naquela discoteca era completamente diferente em todos os locais da noite . Cada vez que ia à aquela discoteca sentia que algo de diferente se passava lá , não era só a música , como a decoração e o rapaz que a seguira embevecido fazendo de seguida uma inumação a um carneiro. O jovem discursou numa língua que Benedita reconheceu logo . Não podia ser . Aquele jovem da noite .A Electro –music da qual se tornara conhecido fazia os adolescentes e não só pagarem fortunas para entrarem numa noite numa discoteca em qualquer discoteca do país . DJ Nam .Como era conhecido o jovem DJ. Ele era conhecido por fazer espectáculos que eram puro marketing e que os jornalistas o adoravam .A tal ponto que o queriam entrevistar . Naram- Sim declarava que durante muitos anos estudara Teologia, ainda dizia que os Templos na antiguidade eram cheios de magia e religiosidade , aspecto esse que queria manter nas suas músicas . Os teólogos e s filósofos adoravam a sua maneira de tocar e de abordar os temas . No momento em que todos se davam a conhecer no bar da escola do Circo deu-se um incidente inesperado . Alguém ligara a dizer que ali dentro iria rebentar uma bomba . De um momento para o outro gerou-se o pânico quando todos quiseram sair e saiu uma espécie de fumo branco no meio do bar . Uma espécie de gás mostarda . No meio de todas aquelas pessoas que tentavam fugir . Alguém fechara as portas do bar . Havia uam espécie de adivinha aos quatro membros da equipa daquele projecto de investigação .” O castigo está na consciência . Em certas alturas que não nos conhecemos , porque não conseguimos usar a emoção e pensar em cada momento em que vivemos . “. Como se fosse um bolinho da sorte chinês haviam ainda mais três papéis daqueles a cada um deles . De facto a pessoa que largara a bomba no bar queria deitar as culpas e começar a dividir o grupo que estava agora a entender-se minimamente . No meio daquele pânico. Carlota Joaquina sentia-se tão constragida que começara a chorar. Lembrava-se naquele instante da morte do seu bisavô e do quanto gostava dele e aquele odor era o memso que sentira perto da garagem . Ali encontrara o avô quase inanimado . O romance policial . A partir dali havia uma espécie de obsessão naquele fim dramático que jamais ninguém entendera a frase do seu avô ao dizer “ O castigo está na consciência . (...)” Foi aí que ele lhe disse para ela ir ter com um amigo dele que iria dar parte dele com uma carta de apresentação para criar um museu militar . Revelou-lhe que há muitos anos atrás na Primeira Guerra Mundial roubara um texto muito antigo e que deixara escondido . Pedira-lhe para que o mandasse restaurar, sem fazer muitas ondas em Amesterdão . Fora aí que se dera a conhecer com um proprietário de um antiquário que vendia algumas pessoas no mercado negro que vinham do Iraque logo após a invasão dos americanos . Nesse antiquário estavam por acaso as outras colegas e um jovem belga que muito tempo depois havia de saber que era o seu orientador de doutoramento . Todos eles estiveram naquele local no dia em que se dera uma outra morte . Uma forte presença do assassino a equação da Clorofila . Tal e qual como no dia morte do avô de Totta . Anos depois aquele crítico da treta dizia-lhe que ela tinha uma obsessão pela escrita era uma falta de maturidade. Aconselhava-a a ler mais e ao mesmo tempo a procurar a relatar relacionamentos emocionais do que meras especulações científicas . Dizia então o crítico do seu romance “Não é o facto de termos uma licenciatura que nos faz querer ser escritor , mas sim a verdadeira vocação . Nunca ninguém optou por ir ao encontro de Deus para namorar com ele , mas sim pelo seu chamamento .A não ser que Ele se tenha apresentado pessoalmente e ter mudado completamente uma vida . A verdadeira vocação é isto mesmo , ou se tem ou não tem . Era no meio daquela confusão onde corpos estavam estendidos que cada um dos quatro membros receberam um chamado de uma entidade superior . Num tempo muito anterior aquele a que estavam habituados os quatro membros daquela equipa foram chmados num tempo por uma mulher muito antiga , mas de uma beleza inatingível . Sábia Ed-huana olhou-os um a um . Olhou Bendita e sorriu –lhe e disse que o seu pai a esperava pois ela era a deusa . A Senhora dos céus .Caetana era a mística do grupo . Para além de ser jornalista , era pós graduada em Etnologia das Religiões , lera todas as obras do professor Moisés espírito Santo sobre a virgem ,as origens do Cristianismo . No meio daquela confusão em que estavam os quatro veio-lhe à ideia a junção de duas obras magnificas que se dedicara a estudar num dos seminários de mestrado uma obra clássica da historiografia hitita “A oração da Peste “ que há semalhança do Rei Édipo de Sóflocles ambas começam e terminam com uma peste . Na segunda a obra começa com uma epidemia e a primeira termina com a peste . Na obra “ A oração da Peste “Os povos vencedores trazem a peste com o grupo de prisioneiros de guerra . A conclusão da obre resume-se com o passado do pai do rei que cometera pecados , tal como Édipo na obra “ O rei Édipo” quando descobrira que a razão das pestes tinha a ver com os crimes que cometera ao matar o seu próprio pai e ao casar-se com a sua própria mãe . Aquele episódio só podia ter com uma razão superior . Via a deusa a falar com ela . Uma pomba levava-a a ver os diversos caminhos de onde ela poderia usufrir da transformação que cada um deles faria no espaço e no tempo . As suas lágrimas eram golpes de faca cortando-a aos pedaços . As suas lágrimas eram no fundo o seu eu interior a falar consigo . Ali estava a sacerdotisa de Nana a falar com eles . Eles eram um projecto dela . Ela chamara-os enviando uma bomba para o futuro . Eles teriam que encontrar a famosa teoria e procurar uma colaboradora sua transformada no futuro numa larva . Tinha um nome de código de Nana . Ed-huana tirou uma espécie de abaco que o virou contra o sol e começou a fazer descer as contas e nesse instante viram um ecrã .
-Daqui a milhares de anos . Uma sede de cobiça começará por parte dos homens . A capacidade da natureza de se regenerar serão poucas e terão que ser os próprios humanos a fazer fotossíntese . Essa minha amiga ,a que se sacrificou neste projecto chama-se Nana . Vocês os quatro estão aqui porque toda a vossa família se movimentou pelo mundo fora à procura dessas placas de argila . O congresso a que vocês irão ministrar será um sucesso ,mas também trará o regresso a uma série de desgraças . Naram-Sim o grande , o rei dos quatro quatros não deverá por hipótese alguma conhecer esta minha colaboradora. Entre eles haverá uma espécie de fio condutor de obra trágica de um século anterior a todos estes acontecimentos e que eles irão apixonar-se ao som de “Orfeu e Euridice “ . Só posso dizer-vos que Monteverdi é um dos escritores da obra suméria “ A descida de Isthar aos Infernos “ . Os gregos conheciam demais as nossas obras e foram através dos hititas que eles conheceram a nossa obra a partir de um período de Renascimento da nossa cultura . Nessa altura deixar-se-á de falar sumério e passar-se-á a falar acádico . Só os mais dotados continuarão a escrever nesta língua antiga . Tal como os vossos sacerdotes sabem o latim e o hebraico clássico e a restante população esconhecerá o significado dessas línguas antigas . Naquele instante ao observarem para aquele instrumento que pareceria um mero ábaco era um computador . Ed-huana sabia as áreas de especialização de cada uma delas . Caetana estudara Naram-Sim e as lendas que se geraram à volta dele por toda a mesopotâmia até chegar à Anatólia hitita e obter uma bolsa na área da arqueologia nos princípios do século XX. Ela iria seduzir o jovem DJ quando voltasse para o futuro e teria que lhe dar todas as informações de cada passo dele em relação à sua colaboradora .
-Tem que evitar que eles se conheçam ou irá acontecer uma nova tragédia igual à queda de Ur . A queda do templo e a destruição a que ele levou a fazer no templo tem a haver pela posse deste tratado sobre a possibilidade dos seres humanos fazerem fotossíntese , puderem produzir oxigénio .
- Então é você a autora dos crimes ? –perguntou Caetana .
- Touché , não é como vocês dizem quando se descobre a charada ? Sim , sou eu a autora destes crimes , porque para mim, a defesa da autenticidade da minha obra e daquilo que se irá dar , deverá ser respeitada e apresentada na altura ideal como um testamento político . Eu conheço os homens na sua forma de actuar e fazer política . Só podíamos levar as nossas ideias para outro lado do mundo para revolucionar a história da humanidade com o filho de Hatusilis III com ele e a sua reforma religiosa o país entrará no caos . Tal como nas obras que Inana pensou , tudo isto se deve à falta de civismo e de respeito com a mãe natureza . Esta é a minha alternativa à poluição . Cada um de vocês está aqui para cumprir cada uma dessas partes . A menina que sabe de tudo isto é a Totta . Sente culpa por não ter desvendado a morte de seu avô . Mas fui eu que os escolhi e decidi jogar com cada uma das pessoas . François procura esse mesmo texto . Mas ele não quer revelar quem é a pessoa na realidade ?
Todos se olharam.Quem era afinal aquele belga?Havia algo que cada um deles não conseguia entender.Uma espécie de cumplicidade entre aquele investigador belga e aquela sacerdotisa . Eram muito mais do que o investigador e o objecto de estudo . Eram pai e filha . Ele era Sargão o grande.Aqueles cabelos cumpridos como é que cada uma delas não haviam reparado nas imagens dos livros que haviam muitas vezes consultado para os seus trabalhos de mestrado e doutoramento ? Naram-Sim havia desaparecido do Louvre . Não havia imagem alguma naquela estela mundialmente conhecida e que estavam presentes em todos os livros de história de arte . Pai e filha disseram que iriam observar a uma oficialização de um ritual . Alimentos eram depositados sobre o altar para os deuses .
- Todos vocês conhecem os procedimentos , mas nunca viram as coisas . Cada alimento depositado em cada altar será como se tivesse sido posto por cada uma de vocês . Beny , Totta , Tana são agora enviadas ao futuro . Agora pertencem –me . Terão que resgatar o Tratado da famosa discoteca “Vigário “.Acho que sabem muito bem o que esse nome quer dizer não é verdade?
Benedita foi a mais ousada olhando para uma mesa . Lá estavam os nomes de cada uma delas .Os seus gostos ,o que faziam, e que tendências políticas e sexuais tinham.Tudo era olhado a pente fino por esta senhora das letras , culta e metódica mas também muito perigosa . Ela queria a todo o custo salvaguardar o planeta terra do futuro do desiquilíbrio ecológico . As guerras , as bombas , o desenvolvimento tecnológico e todas as comodidades fariam o planeta desparecer num curto espaço de tempo . Ed-huana estava preocupada com o futuro da humanidade . Naram- Sim queria o tratado da neta a todo o custo de o conseguisse teria uma outra visão antes de destruir a cidade de Ur . Tudo aquilo parecia-lhe muito recente . Por isso estava decidido a procurar os nomes das investigadoras que provavam a autenticidade da tese da sua mãe . Naram – Sim chegara à cidade de Lisboa com o propósito de se infliltrar na discoteca o “Vigário “. Ele sabia que num dos recantos da discoteca havia um laboratório que iria recriar o mundo vegetal . Mas de início ele não sabia o que se passava ali dentro . Faltavam-lhe as coordenadas pois havia roubado as informações através de uma pen que lhe havia sido oferecida por um amigo francês deum daqueles cursos de música . Naram- Sim optara pelo estilo de house-music. Convivia com bares-mans , streapers e retirava informações deles . Todos eles acharam piada ao nome . Naram-sim . Giro , diziam . Ele sorria com eles pensativo . Pois é melhor ficares na ignorância .
- É disto que está à procura ? –perguntou uma rapariga de cabelos longos mostrando-lhe um texto . Quer saber quem eu sou ? –perguntou a misteriosa jovem . Eu escrevi uma biografia sobre si . Admiro-o .
-Senhora ? –perguntou o rei preparando-se para começar a trabalhar .
- Encontramo-nos à porta da discoteca depois do seu show. Tenho importantes revelações a fazer-lhe . Prepare-se para descobrir o que se passa aqui dentro não é uma simples discoteca normal .

Alguns metros acima alguém vigiava-os.Estava de rosto vendado.O vulto trazia uma arma,arma essa que podia fazer duas coisas numa só.Matar dois coelhos numa só cajadada. Provocar um caos na discoteca tal como acontecera no bar da escola do circo , ou no melhor dos casos fazê-los perder aquela jogada.Porque todos eles estavam numa jogada feita pela bibliotecária.Um eterno jogo do gato e do rato. As restantes jovens historiadoras podiam ser uma potencial atiradora,ou simplemente Ed-huana.Ou no melhor dos casos a larva que em escassos segundos se tornava numa belíssima mulher.Quem destas pessoas seria o assassino?A mandante era a bibliotecária.Mas o criminoso quem era? Há quase cem anos que ele causava problemas graves em torno do mundo e mudava a ordem das coisas.Nesse instante Benedita e Naram-Sim beijavam-se ternamente como se conhessem desde sempre .

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home