fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

quinta-feira, fevereiro 21, 2008

Concurso de técnico de 2.ª classe (história) anulado: notícia de última hora


A Câmara Municipal de Castelo Branco abriu um concurso, tornado público no "Diário da República", em 20 de Dezembro 2007, concurso externo de ingresso para admissão de um estagiário com provimento de um lugar Técnico de 2.ª classe (História). O referido concurso foi alvo de prorrogação, por mais dez dias, a 18 de Janeiro de 2008 no "DR" e anulado no dia 18 de Fevereiro, por despacho do Presidente da entidade promotora.
Eu, como muitos outros licenciados concorremos ao concurso, apesar de se pedir expressamente alguém com um curso superior na área de História que não conferisse grau de licenciatura, logo estava a pedir-se um bacharel de História... o que não existe em Portugal. Tal como o lugar aberto não existe: "técnico de 2.ª classe de história", só contemplando a legislação "técnico superior de 2.ª classe de história".
Assim, desde que o concurso foi publicado no "Diário da República" que tentámos agendar uma reunião com o Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Sr. Joaquim Morão, para lhe explicar, o que pensávamos ser óbvio, só não o sendo, para o próprio e para os técnicos que lhe deram o parecer e montaram o referido concurso, isto é, que o lugar aberto não existe e que não há Bacharelato em História, pelo que o concurso teria de ser anulado... como aqui já tínhamos pedido neste blog, alegando estas e outras razões.
O Despacho foi assinado a 18 de Fevereiro e ainda bem, repondo-se a verdade, só é pena o dinheiro que se gastou ao contribuinte, com publicação da abertura do concurso, da sua prorrogação, com envio das cartas registadas aos candidatos a anular o mesmo, com o precioso trabalho dos técnicos do sector dos recursos humanos da autarquia... tudo porque se quis poupar uns trocos... para contratar bacharéis!!
Pois bem, no passado domingo (17 de Fevereiro de 2008), à tarde, encontrámos o Sr. Presidente, por acaso, no Fórum de Castelo Branco e tivemos oportunidade de lhe dizer o que aqui já referimos: não há bacharéis em História e não há técnicos de 2.ª classe de História, que não técnicos superiores, logo terá de anular o concurso.
Curiosamente, eu não sou pago para aconselhar o Presidente da CMCB!
Não é o caso da restante vereação, dos deputados municipais, dos assessores, dos funcionários da autarquia (júri incluído), dos juristas, dos "catedráticos" em concursos...

A bem da verdade, agradecemos ao nosso amigo Joaquim Baptista que levantou o problema no seu blog, colocando as questões que não poderiam deixar de ser feitas.

Etiquetas: , , , , , ,

2 Comments:

  • At 12:32 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    presunção e água benta, cada qual toma a que quer

    Andas a aproveitar-te do trablho alheio, o que é mau. Achas mesmo que o Morão te ligou? Ele que o diga.IoIoIoIoIo

     
  • At 4:08 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Vanitas vanitatis, omnia vanitatis ...

    Assim fez, assim tem.

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home