fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

terça-feira, julho 10, 2012

BM de Portalegre acolhe apresentação de “Manifestos contra o medo: antologia de uma intervenção cívica”


A Casa Comum das Tertúlias, a Presidente da Câmara Municipal de Portalegre e o autor convidam V.ª Ex.ª para a apresentação do livro "Manifestos contra o medo: antologia de uma intervenção cívica", de Luís Norberto Lourenço, com prefácio do Dr. Luís Raposo (Director do Museu Nacional de Arqueologia), editado pela Casa Comum das Tertúlias. A apresentação estará a cargo do Dr. José Carlos Casaquinha (Enfermeiro-Chefe na ULSNA-EPE). Decorre a apresentação na Biblioteca Municipal de Portalegre, no dia 14 de Julho de 2012, pelas 21h 30m. Entrada livre.


Esta é a terceira apresentação do livro, depois de Castelo Branco, Algés e Caldas da Rainha.

Tertúlia de apresentação do livro

“Manifestos contra o medo: antologia de uma intervenção cívica”
de Luís Norberto Lourenço
prefácio de Luís Filipe Raposo



edição: Casa Comum das Tertúlias
Colecção “Rosa Sinistra”



na Biblioteca Municipal de Portalegre
a 14 de Julho de 2012 (sábado)
pelas 21h 30m



Com presença do autor.
Apresentação por: 
Dr. José Carlos Casaquinha (Enfermeiro-Chefe na ULSNA-EPE)



Organização:
Casa Comum das Tertúlias



Apoio a esta apresentação:
Câmara Municipal de Portalegre
Biblioteca Municipal de Portalegre

O convite e o cartaz foram elaborados por Hugo Domingues.

Do Prefácio:

De valores se trata ainda em tempo de indisciplina interior e de arrogância sobre os outros e sobre o passado. Neste particular e devido à sua formação em História, Luís Norberto dá-nos especiais ensinamentos. “Se há lição que a História nos ensina é a da não esquecer as lições do passado” – diz-nos a certo passo, e mais uma vez fica este arqueólogo/historiador que abaixo se assina reconfortado nas suas idênticas convicções.
Luís Raposo


"É uma escrita lúcida, sem peias nem amarras, inteligente, inquiridora e dialogante." 
Teresa Sá Couto
http://comlivros-teresa.blogspot.pt

O autor:

Luís Norberto Fidalgo da Silva Trindade Lourenço nasce em Castelo Branco a 27 de Agosto de 1973, onde conclui o Ensino Secundário na Escola Secundária de Nuno Álvares. Licenciatura em História: ramo científico (1995-1999), pela Universidade Lusíada de Lisboa. Pós-graduação em Educação e Organização de Bibliotecas (2011), pelo Instituto Politécnico da Guarda. Frequentou ainda a Licenciatura em Economia, na Universidade Lusíada de Lisboa, frequentou até ao IV Semestre a Pós-graduação em Ciências da Informação e da Documentação, na Universidade Fernando Pessoa do Porto, no âmbito da qual realizou estágio curricular na Biblioteca Municipal de Castelo Branco. Inicia em Lisboa a sua intervenção cívica, com a participação no Congresso “Portugal Que Futuro” (1994) e militância partidária em 1993, na JS e no PS, sendo co-fundador do boletim “Rosa Sinistra” do núcleo de Belém (concelhia de Lisboa) desta juventude partidária. Participou activamente nos Estados Gerais do PS (1994/95). Sócio da Sociedades dos Amigos do Museu Francisco Tavares Proença Jr. (desde 2003). Integrou a Direcção do Clube de Castelo Branco (2005/07). Sócio efectivo da BAD – Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (desde 2011). Tem escrito em vários fanzines, jornais e revistas, locais e nacionais, portuguesas e espanholas, blogues e em vários fóruns na Internet. Tem 9 anos de experiência docente no 2.º ciclo do Ensino Básico. Funda em 5 de Outubro de 2001 a Casa Comum das Tertúlias (CCT). A 5 de Outubro de 2005 funda a “Tertuliando – Fanzine da Casa Comum das Tertúlias”, publicação que edita e de que é Director. Da sua autoria: “Auto de arrolamento dos bens existentes na egreja matriz da freguesia de Penamacor, concelho do mesmo, distrito de Castello Branco, realisado no dia 6 de Julho de 1911", apresentação, transcrição e notas por Luís Norberto Lourenço, Castelo Branco: Casa Comum das Tertúlias, 2010, Colecção: "Papéis de sexta", 2”



O apresentador:
José Carlos Casaquinha, tem 55 anos. Enfermeiro-Chefe na ULSNA-EPE. Especialista em Saúde Comunitária. Especialista em Gestão de Unidades de Saúde. Pós-graduação em Direito do Envelhecimento. Doutorando em Psicologia (a elaborar tese doutoral). Co-fundador e Presidente da Associação de Saúde Mental Partilhar Afectos (2009). Co-fundador da Confraria da Dieta Mediterrânica, (2003). Co-Fundador do Núcleo Regional de Portalegre da Sociedade Portuguesa de Aterosclerose (2000). Vice-presidente da ULCUS – Centro de Estudos e Investigação em Feridas (2012), Secretário da AG da ELCOS Sociedade de Feridas (2012). Membro da Direcção Regional do Sindicato dos Trabalhadores da Função Pública do Sul e Açores. Funda com Luís Norberto Lourenço a iniciativa cívica e cultural “Espaço Tertúlia”, em Portalegre, em 2002.



O livro:


Origem dos textos publicados na imprensa: “Rosa Sinistra”, “Raia”, “Público”, “A Página da Educação”, “Baril”, “Diário do Alentejo”, “Diário Regional de Viseu”, “Diário As Beiras”, “Diário XXI”, “O Distrito de Portalegre”, “Fonte Nova”, “Gazeta do Interior”, “Gazeta de Sátão”, “Imenso Sul”, “Jornal do Centro”, “Jornal do Fundão”, “JF Jovem” (Suplemento do “Jornal do Fundão”), “La Tertulia”, “Notícias da Covilhã”, “O Interior”, “O Malhadinhas”, “Porta da Estrela”, “Povo da Beira”, “Reconquista”, “Sumário”, “Tertuliando – Fanzine da Casa Comumdas Tertúlias” e “Rádio Juventude”.


As edições da CCT:
A Casa Comum das Tertúlias edita desde 5 de Outubro de 2005 a publicação “Tertuliando – Fanzine da Casa Comum das Tertúlias”, de que foram publicados oito números.
Em 2009 a CCT editou “Oda para quedarse en el corazón de António Salvado seguida de otros escritos" / Alfredo Pérez Alencart; apresent. António Lourenço Marques; colab de Andreia Roque. - Casa Comum das Tertúlias: Castelo Branco, 2009. - ISBN: 978-989-96187-0-1.
Em 2010 saiu “Auto de arrolamento dos bens existentes na egreja matriz da freguesia de Penamacor, concelho do mesmo, distrito de Castello Branco, realisado no dia 6 de Julho de 1911", apresentação, transcrição e notas por Luís Norberto Lourenço, Castelo Branco: Casa Comum das Tertúlias, 2010, Colecção: "Papéis de sexta", 2”.
Em 2011 lança nova iniciativa editorial a colecção “Rosa Sinistra”.
Já em 2012, edita o caderno ‎"Museus da Raia: Um documento para a história da cooperação transfronteiriça e outros textos" de José Miguel Santolaya; com textos de Ana Mercedes Stoffel, António Lourenço Marques, António Salvado, Maria Ángeles González Recio. Obra inserida na colecção “papéis de sexta”, com o n.º 3, edição coordenada por Luís Norberto Lourenço, Pedro Miguel Salvado e Sérgio Pereira. A mesma foi distribuída durante o IV Mouseion, que aconteceu em Alcántara e Malpartida de Cáceres, de 20 a 22 de Abril de 2012.



A colecção:
A Casa Comum das Tertúlias inicia com este livro uma nova iniciativa editorial, esta nova colecção, a “Rosa Sinistra”, acolherá títulos assumidamente de intervenção, não sendo ideológica, não é certamente apolítica, não abrimos mãos da defesa de alguns valores: a República, a Democracia e o Laicismo.



Onde pode ler o livro?
O livro está disponível ao público, nos seguintes locais: Biblioteca Nacional de Portugal, Biblioteca Nacional de Espanha, Biblioteca da BAD, Biblioteca Geral da Universidade da Beira Interior (Covilhã), Biblioteca Geral da Universidade do Algarve (Faro), Biblioteca Geral da Universidade Fernando Pessoa (Porto), Biblioteca da Universidade Lusíada (Lisboa), Biblioteca Victor de Sá da Universidade Lusófona (Lisboa), Biblioteca Central da Universidad da Extremadura (Cáceres, Espanha), Biblioteca da Universidad de Salamanca (USAL), Biblioteca Geral da Universidad Pontificia de Salamanca (UPSA), Real Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro (Brasil), Gabinete Português de Leitura do Recife (Brasil), Biblioteca da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco, Biblioteca Municipal de Algés (Oeiras), Biblioteca Municipal dos Olivais/Bedeteca (Lisboa), Biblioteca Municipal de Mafra, Biblioteca Municipal de Castelo Branco, Biblioteca Municipal Eugénio de Andrade do Fundão, Biblioteca Municipal de Nisa, Biblioteca Municipal de Portalegre, Biblioteca Municipal de Coimbra, Biblioteca Municipal de Viseu, Bibilioteca Infantil y Juvenil de Can Butjosa (Catalunha, Espanha), Biblioteca da Junta de Freguesia da Cruz Quebrada - Dafundo (Oeiras), Biblioteca do Museu Nacional de Arqueologia, Biblioteca D. Fernando de Almeida do Museu Francisco Tavares Proença Júnior (Castelo Branco), Biblioteca do Museu Arqueológico do Fundão, Biblioteca do Museu do Trabalho de Setúbal, Biblioteca do Museu Provincial de Cáceres, Biblioteca do Museo Vostell de Malpartida de Cáceres, biblioteca do Museu Etnográfico Extremeño “González Santana” de Olivenza, Biblioteca da Fundação Mário Soares (Lisboa), BECRE do AE Ibn Mucana de Alcabideche (Cascais), BECRE do AE Elias Garcia da Sobreda (Almada), BECRE do AE Pataias (Alcobaça)...

Etiquetas: , , , , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home