fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

quarta-feira, novembro 09, 2011

A verdadeira história da Branca de Neve

Lembram-se da história da Branca de Neve? Da linda menina que era perseguida pela Rainha Má e que a queria envenenar para ficar com o seu lugar? Nada mais triste como termos uma única versão da história !!!Nós não sabemos a versão da madrasta da Branca de Neve .Branca de Neve era uma adolescente rebelde, abandonou a casa dos pais e foi viver com sete anões... Isto não é viver!!! Uma rapariga que não respeita a família e as leis básicas da vida. Só merceia isto?! O que é que faz com que uma rapariga destas para viver com sete homens? Não quer ela perder a virgindade ou a sua vergonha? Ou serão eles mariconas??? Conhecer o princípe encantado? Branca de Neve esqueceu-se de coisas tão essenciais da vida ao agarrar ao seu novo género de vida... Branca deixou a vida de uma princesa de revistas cor-de rosa para passar a ser a rebelde decadente das páginas policiais dos jornais. Passou a usar tatuagens pelo corpo com expressões do genéro “I´love drugs“, “Ido darty sex with seven guys“, I loved his cocks“. Como se não bastasse ,Branca de Neve era viciada em cocaína. Ora aí está a grande preocupação da rainha Má. Porque esta não é uma mera versão parcial, é antes uma visão próxima dos acontecimentos como historiador que sou, falo nisto porque vi tudo com estes olhos que a terra há de comer. E o espelho mágico? O que faz ele aqui? Não seria ele um detective que dava informações sobre o estado crítico dessa menina? E se a notícia dos jornais a tornassem tão má como as cobras?- A minha menina está a envergonhar a nossa família, disse o pai de Branca com a notícia de um tablóide “ao ler a notícia que a sua filha tinha sido a modelo da exposição do Anão Rufia “Tatuagens e personificações de uma rapariga cheia de energia: 1 modo de vida“Agora até pôs piercinegs, parece mesmo um daqueles animais que estavam na casa dos teus pais.Rainha Má nem quis acreditar naquilo que estava a ouvir. O próprio pai chamava a própria filha de vaca... ainda por cima a miúda pusera piercings na língua e num outro sítio que não era para ali chamado mas nas fotos do album da exposição lá estavam eles. Afinal os maus não têm paz. Querem ajudar os filhos dos outros e ainda por cima ainda ficam como os maus da fita, depois de ter ido à procura da enteada, Má (que era sem mais nem menos o petit–nom de Manuela) encontrou a enteada numa esquina do Bairro Alto quando ia a uma dessas galerias da moda, não vale dizer o nome não vá ela pôr-nos um processo encima- Quem ajuda? Não pode dar um cigarrinho? Vá lá!!! Já viu a vergonha disto? Isto está uma miséria, estes ciganos andam para aqui a vender canabis e coca. Olhe não ando nesta vida. Só estou à espera de umas amigas iamos para a discoteca apertadinha. Mas eu não ando nessas coisas, sabe? E alcóol detesto-o. O alcóol destrói. E a senhora veio também dar um pézinho de dança? Ou veio para a outra coisa? Encontrar-se com o namorado? Aposto que deve ser um daqueles streapers todos musculados e rapadinhos como eu não quer ver?Rianha Má estava perplexa com as actividades currículares da sua enteada. O pior da conversa era conversa de pseudo-moralismo. Branca de Neve tornara-se numa toxicodependente moralista. Mas era a sua origem a família do pai dela era toda assim. Fascistas antes do 25 Abril. Tiveram todos que fugir depois para o Brasil deram uma super protecção na menina e agora era aquilo que se viam. Se o marido não tivesse ligado aqueles arrufos de adolecente iriam perceber que tudo aquilo pasasva. Rainha Má era diferente fizera parte de uma comissão de grupo parlamentar em defesa das mulheres na defesa da legalização da lei da despenalização voluntária da gravidez. Só estava casada com o pai de Branca porque ele tinha um defeito irritava-o tanto ao ponto de o amar. Irritava-lhe aquelas ideias de extram direita e do movimento pelas sessões espíritas pelo ressurgimento de Oliveira Salazar?Enquanto a sua enteada lhe dava safanões para ver se ela estava bem ou para lhe roubar a carteira porque isto filha, a vida está difícil...Ao que Manuela responde agarrando na carteira.- Menina, se quiser pago-lhe um jantar, mas roubar isso é que não. Até aceito determindas coisas, mas agora roubar–me! Porque eu vim aqui para a inauguração de uma exposição de uma amiga minha, disse Má.- Ah! É pena porque senão fazíamos uma curte uma tribe, o que achas minha? Não queres fazer uma vaquinha? Com esse seu amigo que está espera!!! Hum! Aposto que deve dizer isso da exposição a todas as pessoas que já decorou. Uma mentira dita mil vezes torna-se verdade! Não vai uma branquinha?É por esta e por outras razões que o governo decidiu tomar medidas contra o Bairro Alto e mais ainda contra os piercings e as tatuagens e mostrar algumas imagens na internet. Os filhos são sempre eternos desconecidos para os pais que dizem conhecê-los de gingeira, mesmo que eles os queiram proteger os filhos dos outros!!!

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home