fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

terça-feira, abril 19, 2005

Breve sobre iniciativa da Casa Comum das Tertúlias

Realizou-se no dia 16 de Abril de 2005, pelas 16h, a Tertúlia sobre "A poesiaportuguesa e espanhola", na Casa Comum das Tertúlias, em Penamacor, organizada pela CCT, com a colaboração da Tertúlia "Escudos IV", de Salamanca.
A tertúlia contou com a presença de 23 tertulianos, na maioria espanhóis, entreos tertulianos: Luis Gutiérrez Barrio (organizador e moderador da Tertúlia "Escudos IV"), Luisa Vaquero (a outra organizadora dos "Escudos IV"),Luís Norberto Lourenço (organizador da CCT), Carlos Baptista (poeta), Martins Marcelo (poeta), Ricardo Vicente Martín (poeta) e Mercedes Blanco (poeta). Durante a tertúlia foi apresentada a revista "La Tertulia" (n.º2, Abril/2005; 3.º n.º já que existe um n.º 0) e foram declamados poemas da "Antologia Mínima de Vasco Câmara Pestana", das "Edições do interior", col. "Poesia" (2005), VCP que na impossibilidade de estar presente por motivos de saúde atempadamente nos fez chegar esta publicação. Foram declamados poemasde vários autores, dos presentes e de outros.
Alguns poemas dos autores presentes e mais detalhes, brevemente emhttp://fanzinetertuliando.blogspot.com
O dia não se resumiu à tertúlia, começando com a visita cultural a Penamacor:Museu Municipal de Penamacor, Igreja Matriz de Penamacor e Museu Dr. MárioPires Bento (Meimoa) de manhã, almoço (13h, "O Tear", na Meimoa, onde não podiafaltar o "bacalao") e tertúlia (16h, na CCT).A tertúlia que foi a 1.ª de quatro iniciativas com as quais pretendemoscelebrar os 31 anos do "25 de Abril" terminou - não fosse a organizaçãoesquecer-se - a pedido dos nossos amigos de Salamanca, com a canção "GrândolaVila Morena", acompanhada por todos, de mãos dadas.
Luís Norberto Lourenço

http://penamacor.blogspot.com (sobre esta iniciativa)

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home