fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

sábado, julho 26, 2014

O transporte coletivo em Bogotá, na Colômbia, por Pablo Piñon


O transporte coletivo [colectivo] em Bogotá, na Colômbia*

Na semana passada eu tive a oportunidade de ir a Bogotá, na Colômbia, para uma reunião de trabalho e eu tive a oportunidade de utilizar o táxi e o ônibus [autocarro] articulado (“Transmilenio”, irmão do “Macrobus” de Guadalajara). 
Eu vou falar primeiro dos táxis… 
Em Bogotá há tolerância zero ao álcool, então os restaurantes oferecem algumas opções: uma opção é que uma pessoa dirija [conduza] o seu carro e outra acompanhe de perto o seu carro em uma [numa] motocicleta [motorizada], chegam a sua casa, estacionam o carro e os dois funcionários do restaurante regressam na motocicleta; outra opção é utilizar um táxi. O táxi é barato na Colômbia, em comparação com o México e eles usam sempre o taxímetro [ao contrário do México]. Eles têm uma lista de tarifas, então você não tem problemas para saber quanto vai pagar, todos os taxistas com quem tive a oportunidade de falar foram muito amáveis.
Agora, falando do ônibus articulado, ele tem 12 linhas e todas têm interconexão entre elas, tem uma via exclusiva e algo de que eu gostei é que algumas rotas não param em todas as estações (assim como o “Macrobus Expreso” de Guadalajara), assim se você vai para longe pode tomar esta opção com um pagamento baixo. O preço do “Transmilenio” varia entre 1.400 pesos colombianos (10 pesos mexicanos; 0,60 euros; 1,7 reais) e 1.700 colombianos (12 pesos mexicanos; 0,70 euros; 2,1 reais) na hora pico [hora de ponta]. Um detalhe que você precisa saber, é que em horas pico, este ônibus está cheio e vai estar muito apertado. 

Boa sorte e que desfruta Bogotá!


*Por: Pablo Piñon (México)


Nota editorial:
Texto produzido numa aula de Português, leccionada no Instituto Bradford (Guadalajara, México), corrigido pelo seu professor, Luís Norberto Lourenço. As ligações são da minha responsabilidade, bem como a informação entre [] e as etiquetas. 

Etiquetas: , , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home