fanzine Tertuliando (On-line)

Este "blog" é a versão "on-line" da fanzine "Tertuliando", publicada pela Casa Comum das Tertúlias. Aqui serão publicados: artigos de opinião, as conclusões/reflexões das nossas actividades: tertúlias, exposições, concertos, declamação de poesia, comunidades de leitores, cursos livres, apresentação de livros, de revistas, de fanzines... Fundador e Director: Luís Norberto Lourenço. Local: Castelo Branco. Desde 5 de Outubro de 2005. ISSN: 1646-7922 (versão impressa)

quinta-feira, maio 31, 2007

Mater*

Como a água do tanque e os húmidos silêncios
de ontem
como a luz que ninguém viu cair
nos espelhos de assombro
como a torre distante para onde se dirigem as aves
em cada entardecer

Obscuramente te nomeio num grito
obsceno que interminavelmente ecoa
através do labirinto da minha mortalidade

Não te direi pura e ferida de uma ânsia
sem fim de carícias
nem tão pouco obrigarei minha língua a sofrer
nas altas escarpas da tua magnimidade

simplesmente cruzarei o umbral da casa
destruída
para me confundir com os fantasmas
de um tempo mais genuíno

e voltarei a chamar-te com o receio
infundado da criança
que imagina o mundo eterno e repleto de perigos


*Por: Carlos Xama


Nota:
Poema enviado por um poeta tertuliano, Carlos Xama é o seu pseudónimo.

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home